Desenvolvimento Contínuo

Agosto 12, 2010

Dinheiro como Dívida

Filed under: Uncategorized — highness4435 @ 11:11 pm

O mundo está endividado. O mundo está em crise. Quer você se interesse ou não pelo assunto, isto já virou lugar comum. A novidade? A dívida não é conseqüência de um sistema econômico mal gerido, como o noticiário sugere. A dívida É a própria natureza do nosso sistema econômico.

Vamos colocar de outra forma: você precisa de dinheiro e faz um empréstimo no banco. O banco, por sua vez, precisa de dinheiro e faz um empréstimo com o Banco Central. O BC precisa de mais dinheiro pra emprestar, e produz mais dinheiro, do nada, porque não exite mais lastro pra justificar a quantidade de dinheiro em circulação. E este dinheiro novo produzido vira um novo depósito que permite que os bancos emprestem mais dinheiro (em quantias maiores do que o depósito), esperando que em determinado momento ele reveja esta quantia original mais o que ele criou em cima para emprestar, através da cobrança de juros. E assim por diante.

Se a equação parece muito longa, há outra forma de entendê-la. De onde vem todo esse dinheiro emprestado? Aliás, como pode existir tanto dinheiro assim para ser emprestado? A resposta é: não existe. Se não houvesse dívida, não haveria dinheiro. O conceito básico que quase todos ignoramos é que a economia capitalista prescinde que a dívida sempre seja maior do que a quantidade de dinheiro disponível. Para pagar-se uma dívida, é necessário produzir mais dinheiro, que vem em forma de empréstimo, com juros embutidos, e portanto gera mais dívida. Desde a abolição do lastro-ouro, dívida É dinheiro.

Se esta idéia parece difícil de ser assimilada, você não está só. Poucos sabem disto, embora todos sejamos afetados. Esta curta animação explica o beabá que nós arranhamos acima de maneira simples, profunda e fácil de entender, inclusive para que possa ser usada de forma educacional, já que esta questão estranhamente nunca fez parte do currículo de ensino básico.

Citações interessadas retiradas do video

“Qualquer um que acredite que com crescimento exponencial pode continuar para sempre num mundo finito ou é um maluco ou um economista.” —Kenneth Boulding, economista

“O processo pelo qual os bancos criam dinheiro é tão simples que a mente não perceba”
John Kenneth Galbraith, Economista

“Receio que os cidadãos não gostarão de saber que os bancos pode e criam dinheiro
…E eles quem controlam o crédito da nação dirigem a política dos governos e mantém na palma de suas mãos o destino das pessoas”
Reginald McKenna, antigo presidento do conselho administrativo do Midlands Bank da Inglaterra

“O dinheiro é uma nova forma de escravidão, e se distingue da antiga pelo fato de ser impessoal – que não há relações humanas entre o mestre e o escravo”. – Leo Tolstoy

Tire este grande poder deles e todas as grandes fortunas como a minha irão desaparecer, e elas devem desaparecer, de forma que isto levaria a um mundo melhor e mais feliz para se viver. Mas se vocês querem continuar escravos dos bancos e pagar o custo de sua própria escravatura, então deixem os banqueiros continuarem a criar dinheiro e controlar o crédito.”
~Sir Josiah Stamp Diretor, Banco da Inglaterra 1928-1941
(conhecido como o segundo homem mais rico da Inglaterra na época)

“Todas as perplexidades, confusão e desgraças surgem nos EUA, não pelos defeitos da Constituição ou Federação, não pela busca da honra ou virtude, mas pela clara ignorância da natureza do dinheiro, do crédito e a circulação”
~ John Adams, Fundador da Constituição estadunidense

“Qualquer um que controle o volume de dinheiro em seu país é o mestre absoluto de toda indústria e do comércio… e quando você perceber que todo o sistema é facilmente controlado, de um jeito ou de outro, por poucos homens poderosos, não será preciso lhe dizer como períodos de inflação e depressão são originados.”
James A. Garfield, presidente assassinado dos Estados Unidos

Até que controle da emissão de moeda e de crédito seja restabelecido pelo governo e reconhecido como a mais evidente e inviolável responsabilidade, toda conversa a respeito de soberania do parlamento e da democracia é perda de tempo e inútil… Uma vez que uma nação se rompe com o controle de seu crédito, não importa que faz as leis… A usura uma vez em controle arruinará qualquer nação.
William Lyon Mackenzie King Primeiro Ministro do Canadá que nacionalizou o banco do Canadá

“Apenas os pequenos segredos precisam ser protegidos.
Os grandes são mantidos em segredo pela incredulidade pública”
Marshall McLuhan, “guru” da mídia

http://www.youtube-nocookie.com/v/71_uFpZ7n6o?fs=1&hl=pt_BR&color1=0x5d1719&color2=0xcd311b&border=1

Anúncios

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: