Desenvolvimento Contínuo

Setembro 1, 2010

“ENDGAME: O PLANO PARA A ESCRAVIDÃO GLOBAL” 3 de 4

Filed under: Organizações — highness4435 @ 5:32 pm

Sob o ato traiçoeiro da comissão militar, os cidadãos norte-americanos
podem ser detidos secretamente, despojados da sua cidadania, levados ao estrangeiro em campos de tortura e ser executados em segreto.

Nos termos do artigo 802 do Patriot Act, todas as ofensas menores

são consideradas como terrorismo.
Esquadrões da polícia federal, chamadas "equipes VIPER", aleatoriamente forçam aos norte-americanos a colocar-se em fila para que mostrem seus documentos.

Desde as calçadas de Miami, até o metrô de Nova Iorque e as ruas de Houston Texas,
Os cidadãos estão sendo revistados por bandos armados de polícia paramilitar.
Muito antes de 11/9 o Pentágono estava violando agressivamente
a lei federal que não permite a exército controlar o povo norte-americano.
De costa a costa, por mais de 2 décadas, equipes de tropas
poderia aparecer do nada e deter automóveis aleatoriamente e revistar os carteiros.
A situação piorou com tropas regulares revistando bolsos
em superestações e no "Kentucky Derby" como em outros eventos de alto perfil.
Em seguida, o presidente Bush assinou uma lei de autorização da defesa, que aumentou
radicalmente o financiamento da já inchada sombra do governo.


Na lei, o Executivo anunciou formalmente que estavam
se preparando para a insurreição nacional e para tomar, preventivamente,
os poderes aos governadores e legisladores.
O governo federal está anunciando abertamente que é a única autoridade,
tratando aos povos e estados como inimigos.
Então em 9 de maio de 2007,o presidente Bush ilegalmente
se outorgou novos poderes, e a presidência oficialmente
tornou-se uma ditadura desafiadora.
No passado, a continuidade do governo foi partilhada com o poder legislativo,
judiciário e executivo, os 3 poderes do governo.

Agora, todo o poder reside no presidente, incluindo a menor das razões,
no próprio texto dos documentos:
 qualquer incidente no mundo

sem importar sua localização, que afete a população,

infra-estrutura, meio ambiente, economia ou funções governamentais,

pode desencadear, sob a própria vontade do presidente,
na lei marcial em sua totalidade.
É importante destacar que o presidente é simplesmente um fantoche do sindicato

global do crime e pode não utilizar os novos poderes.

Mas deixá-lo nas mãos de futuras administrações corruptas.


As pessoas devem ser ensinadas a amar seu líder. É mais importante.
Porque não aprender com os erros de nossos antepassados.
Porque a humanidade se encontra assim mesmo obrigada a um ciclo de

derramamento de sangue e escravidão.
As elites predadoras sempre tem racionalizado sua opressão,
afirmando que são superiores e que têm o direito divino a dominar.
quando eles na realidade são um bando de psicopatas impiedosos,
sugando como parasitas o sangue da população, até que seu movimento
cancerígeno provoque o colapso da população.
Houve centenas de governos tiranos na história e menos
de 10 podem ser chamados livres de verdade.


Só no século XX, mais de 150 milhões de pessoas foram
assassinadas pelas mãos do estado, na Russia o "terror vermelho"
acabando com a vida de mais de 60 milhões de homens, mulheres e crianças.
A guerra de Hitler matou 22 milhões.
Durante o governo de Mao Tse Tung mais de 60 milhões de camponeses
foram assassinados e a lista segue aumentando.
300.000 civís inocentes assassinados na Guatemala.
Mais de 2 milhões de pessoas foram assassinadas brutalmente pelo governo do Camboja.
1,5 milhões assassinados na Turquia, 300,000 em Uganda.
Mais de 800.000 assassinados a machadadas em Ruanda.


Infelizmente, há muitos exemplos de famílias inocentes que têm sido
exterminadas por seus governos, em uma escala industrial em nome de todos eles.
É um fato histórico que o Estado é o numero 1 na causa mortes provocadas.
Se você tomar as mais de 150 milhões de pessoas assassinadas por governos brutais,
durante o século passado e dividir entre 100.000, o número de mortos
encheria os maiores estadios esportivos, com mais de 100.000 fanáticos,
1500 vezes, dando um total de 1.500 estádios esportivos lotados
com 100.000 pessoas exterminadas.
Para aqueles que pensam que não pode acontecer aqui o que
acontece fora, já foram advertidos.
A carnificina testemunhada apenas nos últimos 100 anos foi a etapa de preparação do plano
mestre da Nova Ordem Mundial.
Os crimes de Hitler e Stalin agora fazem parte da história, mas o
malvado sistema Comunista chinês ainda não está satisfeito com ter a mais alta
cifra de mortes da história.


O massacre e escravidão ainda continuam existindo e goza do pleno apoio por parte
da Nova Ordem Mundial.
A China Comunista funciona como um laboratorio global – um campo de provas –
onde 1,4 bilhões de pessoas vivem suas vidas como ratos de laboratório
que serve para fazer testes para a formulação de "admirável mundo novo".
As forças britânicas e norte-americanas colaboraram com Mao Tse Tung durante
a II Guerra Mundial e ao final da guerra, apoiaram secretamente
Mao para que acabasse com Chiang Kai-Shek e os nacionalistas.
A agência Serviços Estratégicos, que então se converteu na CIA acreditava
Mao teria um efeito estabilizador.
O mentor de Bill Clinton e profesor de ciência política na universidade de Georgetown,
Carroll Quigley, explicou em seu livro "Tragédia e Esperança",
como os grupos políticos Anglo-americanos apoiaram cada modelo de
autoritarismo, desde o Comunismo até o Fascismo, para garantir que um governo
centralizado dominasse a população e a economia, como o planejado.


A elite está formada por pessoas monopolistas.
Eles buscam criar monopolios e dominar as população através do cano de uma arma.
Em seus escritos, os líderes da Nova Ordem Mundial tem
elogiado continuamente o corrupto modelo da China Comunista.
Em agosto de 1973, num artigo escrito por David Rockefeller
para o New York Times, Rockeller elogia e apoia abertamente
as ações de Mao Tse Tung enquanto ele admirava o seu sistema de controle e comando.


"Qualquer que tenha sido o preço da revolução Chinesa, obviamente
teve exito não só produzindo uma administração mais eficiente e dedicada,
senão inclusive no fomento de uma alta moral e propósito comunitário.
A experiência social na China sob a liderança de Mao,
é um dos mais importantes e bem sucedidos na história. "
David Rockefeller para o New York Times,
10 de agosto de 1973.


A China Comunista é o modelo de sociedade planejada pela Nova Ordem Mundial.
A China tem recebido mais prêmios das Nações Unidas por suas políticas
e forma de governo, mais que nenhuma outra nação.
Nos olhos dos planificadores globais, a China autoritaria é o futuro.
China adotou a política de ter uma só criança em virtude de pressões de
um consórcio de organizações eugênicas, que inclui:
Planned Parenthood (Planejamento Familiar) e das Nações Unidas.
Os casais que tem mais de um filho enfrentam fortes multas,
prisão e a prática do aborto forçado.
Na China, o desejo cultural de ter um filho homem, tem causado
uma crise profunda em que existem 30 milhões a mais de homens que mulheres.
A polícia do estado chinês tem esmagado impiedosamente qualquer tipo de disidência.
Igrejas subterrâneas, praticantes da Falun Gong e os trabalhadores em greve;
são enviados para campos em que devem realizar trabalhos forçados.Seu grupo
sangüineo e tipo de tecidos são catalogados em preparação para se tornar
parte de uma "colheita de órgãos".
O governo chinês, em seguida, vende os órgãos dos prisioneiros para a melhor

oferta no mercado mundial.
Se um paciente adinheirado decide viajar a China, o prisionero é
morto e os órgãos são implantados. Se os órgãos devem ser enviados fora
do país, uma unidade móvel os extrai durante o vôo até onde o "Cliente" está esperando.
Os engenheiros sociais da China praticam a eutanásia agressivamente com os idosos e incapacitados.
A China está seguindo simplesmente o plano de ecravidão global.
O mesmo sistema de desumanização total, silenciosamente está sendo implementado mundialmente.
"O despovoamento deve ser a principal prioridade de nossa política exterior
para com o terceiro mundo"
 Henry Kissinger, 1974


Agora, existe uma necesidade de uma Nova Ordem Mundial, mas tem
diferentes características em diferentes partes do mundo.
Agora, nada disso pode ter êxito atualmente, mas para mim este é o
tipo de esquema que algum dia, nos próximos anos, terá uma solução.


De onde vem esse tipo de mentalidade?
Porque as elites matam grandes massas de gente, quando ninguém está resistindo a eles?
Quando eles já obtiveram o controle total, que ideologia motiva a elite psicopata?


Desde a época de Platão a 2.400 anos, planificadores estatais tinham
proclamado abertamente seu desejo de controlar cada detalhe das vidas do povo.
Desde programas de natalidade até o extermínio em massa de indesejáveis,
O obscuro sonho continuou durante 2 milênios.
"Eugenia:
é o estudo das agências de controle social, que melhoram
ou prejudicam as qualidades raciais das gerações seguintes
física e mentalmente".
Sir Francis Galton
O racionalismo científico sempre tem sido atrativo para a tirania
das elites, porque cria uma justificativa conveniente para tratar
seus semelhantes como se fossem animais inferiores.
Robert Thomas Malthus, famoso por ter dito que que uma massiva falta de

alimentos seria de grande ajuda porque acabaría com os pobres.
Seu cenário fictício despois seria chamada como catástrofe maltusiana.

Malthus é importante, porque suas idéias levaram ao surgimento

de um novo campo científico que dominará o transcurso da história humana

pelos próximos 200 anos.
Charles Darwin, um admirador do modelo de catástrofe maltusiana,
desenvolveu a teoria da evolução, com a afirmação de que
sobrevive o mais apto, com a ajuda de Thomas Henry Huxley, conhecido
como o "bulldog" de Darwin por seu forte apoio às teorías deste.
As teorías de Darwin foram
 impulsionadas a ser aceitas entre importantes
circulos científicos através da Inglaterra e do mundo.
O primo de Darwin, Francis Galton, que tem o crédito de ser o pai da eugenia,
viu uma oportunidade para a espécie humana avançar, tomando as rédeas da teoria
da evolução de Darwin, para aplicá-la a princípios sociais para desenvolver um Darwinismo social.
As famílias Darwin, Galton, Huxley e Wedgwood e foram tão
obcecadas com sua nova teoria de desenho social, que eles juraram:
que suas famílias unicamente procriariam entre elas.
Eles predisseram equivocadamente que com umas poucas gerações,
eles produziriam super homens.
A emergente pseudo ciência só ajudou a reforçar a prática da endogamia,
que já era popular entre a elite por milênios.
O experimento das 4 famílias foi um desastre.
Em menos de 2 gerações de endogamia, quase 90% de seus filhos morreram ao nascer ou tiveram sérios
problemas de deficiência física e mental.
As classes ricas do planeta e em particular as famílias Reais do
mundo que já estavam obsecadas por seus descendentes, e, por sua vez, predador
desdém para com as classes despossuídas, se ocuparam da Nova ciência e começaram
a fazer valer a sua nova meta mundialmente.
Biometria é aparentemente uma nova ciência, mas foi efectivamente desenvolvida por Galton na década de 1870 como uma forma de rastrear as características raciais e histórias genéticas, e como uma forma de decidir quem teria licença para reproduzir.


Em 1994 foi fundada a instalação de investigação "Cold Spring’s Harbor",
nos Estados Unidos, pelo eugenista Charles Davenport, com o
financiamento dos proeminentes
 "barões roubo" Carnegie, Rockefeller e Harriman.
Em 1907 as primeiras leis de esterilização foram aprovadas nos Estados Unidos
.
cidadãos com leves deformidades ou baixos resultados nos testes
dos cartões de informação, foram presos e forçados a ser esterilizados
.
Em 1910, nos Estados Unidos, o escritório de registro de eugenia foi aberta.
Para isto os britânicos haveriam criado a primeira rede de trabalhadores sociais,
para servir como espiões e agentes do culto de eugenia racial.
Que rápidamente estava tomando o controle da sociedade ocidental.
Os trabalhadores sociais decidiriam a quem eles tomaríam os seus filhos,
quem seria esterilizado, e em alguns casos quem seria assassinado silenciosamente.


Em 1911, a família Rockefeller exportou a eugenia para Alemanha ao
colocar em falência instituto "Kaiser Wilhelm", que logo seria
um pilar central do Terceiro Reich.
Em Londres durante a conferência internacional de eugenia em 1912, esta se converteu
em uma loucura internacional que obteve status estelar.
O autor futurista "bestseller" de fição científica H. G. Wells tinha estudado Biologia
sob a orientação de eugenistas, estava propagando a nova crença mundialmente.
Por volta de 1916, a amante de H. G. Wells – Margaret Sanger – começou a promover
a eugenia nos Estados Unidos, em 1923 Sanger recebeu enormes fundos da família Rockefeller.
Sanger escreveu ao seu colega eugenista, Clarence J. Gamble,
que os líderes da comunidade negra deviam ser recrutados para
dirigirem programas de esterilização, dirigidos às comunidades afroamericanas.
En 1924, Hitler em seu livro’Mein Kampf’ (Minha Luta) deu crédito aos
eugenistas norte-americanos como sua inspiração.
Hitler inclusive escreveu uma carta de admiração ao conservador e eugenista
norte-americano, Madison Grant, chamando seu livro orientação racial,
"A morte da Grande Raça" de sua bíblia.
 Hitler desenvolveu seu plano de
exterminio em massa dos judeus, e do que chamou outras "sub-raças"
assim como os deficientes, por contribução de Madison Grant

em 1927 a eugenia chegou aos principais meios de comunicação.
A chamada ciência foi impulsionada agresivamente em concursos escolares,
igrejas e feiras do estado.

As igreijas realizaram concursos de competência com grandes
somas de dinheiro como prêmio, para ver quem era o melhor para aplicar a eugenia em seus sermões.
Pessoas importantes dentro da religião, diziam aos norte-americanos que Jesus apoiava a eugenia.
Nesse mesmo ano nos Estados Unidos mais de 25 estados aprovaram
leis de esterilização e a Suprema Corte esteve a favor das
brutais políticas de esterilização.


Quando Hitler chegou ao poder em 1933, uma das suas primeiras
atitudes foi aprovar a legislação nacional de eugenia,

influenciado pelas leis dos Estados Unidos.
Em 1934 o filme "Tomorrows Children" divulgou o programa
eugenista aos quatro ventos nos Estados Unidos.
Em 1936, a Alemanha tornou-se o líder mundial da eugenia ao tomar
medidas efetivas de esterilização e eutanásia em centenas de milhares de vítimas.
Os 3 grandes eugenistas norte-americanos, Davenport, Laughlin e Goethe,
foram enviados a Alemanha pelos Rockefeller onde eles acessoraram
os nazistas nas medidas de adaptação para seu sistema de extermínio.
Contando com amplo apoio dos Estados Unidos e Inglaterra, Alemanha havia ultrapassado
o limite, e dezenas de milhões pagariam com suas vidas.
No final da guerra, os aliados evitaram o julgamento dos
mesmos cientistas nazistas que haviam torturado milhares de pessoas até a morte.
O ramo da eugenia nazista, havia avergonnhado à elite, mas não tinham
nenhuma intenção de deter seus planos.
 Os aliados lutaram literalmente
uns com os outros para ver quem se ficaria com os grandes eugenistas nazistas.
Não importava se os doutores da S.S. tinham torturado
dezenas de milhares de pessoas até a morte, eles eram livres para sair.
O "Anjo da Morte" Josef Mengele e seu chefe Otmar von Verschuer não foram
julgados e von Verschuer inclusive continuou com seu trabalho na Alemanha do pós-guerra.
Os eugenistas estavam insatisfeitos com o fato de que seu árduo trabalho tinha sido exposto.
eles então mudaram seus métodos para camuflar seu programa.


A eugenia práticamente se transformou em biologia social.
A Liga Americana de Controle de Natalidade foi transformada em planejamento familiar.
Novos termos, como trans-humanismo, controle populacional, sustentabilidade
conservação e ambientalismo substituiram higiene racial e Darwinismo social.
Muitos eugenistas do período anterior participaram do que chamaram de cripto-eugenia.
Escondendo o propósito de suas crenças eugenistas, eles se converteram em altamente
respeitados antropólogos, biólogos e geneticistas no pós-guerra.
Os aliados comtrabandearam milhares de cientistas nazistas para fora da Alemanha.
e os colocaram em importantes postos científicos, desde armas biológicas
até foguetes através do complexo Militar-Industrial.


O fundador da, IBM foi um devoto seguidor de Hitler.
Thomas J. Watson lhes forneceu cartões perfurados para seus computadores
e técnicos da IBM que os nazistas usaram em seus campos de concentração.
As tatuagens das vítimas nos campos de cocentração, foram números de identificação da IBM gravados em computadores
.

A IBM tinha utilizado um sistema semelhante em 1928, em um estudo de mistura racial.

Os primeiros computadores literalmente foram inventados por um eugenista

para a eugenia. O diretor da UNESCO e eugenista sem arrependimento,

Julián Huxley, alegou que como os líderes da eugenia tinham
fundado os movimentos de conservação do meio ambiente, eles eram quem
deveria ser o veículo da formação de um governo mundial,
tal como H. G. Wells tinha previsto, este governo será controlado
por uma ditadura científica e será guiado pelos princípios da eugenia.
Huxley formulou a fundação mundial para a vida selvagem, com o Príncipe Bernard da Holanda,
membro fundador do grupo Bilderberg, e o Príncipe Felipe da Inglaterra,
que tinha ligações com a SS.
"Caso eu chegasse a "reencarnar".
gostaria de retornar como um vírus mortal, para ajudar a contribuir com algo
o problema de superpopulação".
Príncipe Felipe Reportado pela Agência
Alemã de Imprensa (DPA)
Agosto de 1988

Anúncios

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: